11 3136-0950
MANUAL DE USO

1 – Como configuro para fazer um backup full ou incremental?

Primeiro Backup

A primeira execução do backup pode-se entender como FULL (completo), pois como ainda não existe nenhum arquivo no destino (nuvem), todos os arquivos existentes na origem serão enviados para a nuvem.

Próximos backups

Nas próximas execuções, apenas os novos arquivos e os arquivos modificados serão enviados para a nuvem, já os arquivos que não sofreram nenhuma modificação não serão reenviados, pois não há nenhuma razão em reenviar este arquivo uma vez que o mesmo não sofreu nenhuma modificação.

Já, se um arquivo sofreu alteração, existem 02 opções para tratar o seu reenvio para a nuvem:

1. Com o InFile Delta habilitado (padrão)

Com esta tecnologia habilitada, se um arquivo sofrer uma alteração, apenas a sua diferença será enviada para a nuvem. Por exemplo: você possui um arquivo de 100MB que já está na nuvem, porém este arquivo sofreu uma modificação de 1MB no servidor, ao executar o backup, em vez do software reenviar o arquivo completamente (100MB), ele enviará apenas a modificação de 1MB.

2. Com o InFile Delta desabilitado

Caso a opção InFile Delta for desabilitada, qualquer alteração que um arquivo sofrer, ele será reenviado por completo para a nuvem.

 2 – SID (Server Identification)

 O que é SID?

SID (Server ID) é o identificador universal de um servidor.

 Como encontrar o SID no meu sistema operacional?

No menu Iniciar, digite: sid, conforme imagem abaixo:

 

3- Por que existe a limitação de 10GB para restaurações via web?

Os navegadores são muito sensíveis às oscilações da Internet, por exemplo: se você estiver carregando uma página web qualquer e a sua Internet perder a conectividade, dentro de poucos segundos o seu navegador irá finalizar com um erro de carregamento de página. Caso esteja realizando um download, terá que reiniciar todo o processo novamente e isso gera muitos transtornos.

Por esta razão, sempre que for realizar a restauração de grandes volumes de dados (acima de 10GB), a recomendação é utilizar o software oficial de backup, pois o mesmo tentará realizar o download até a sua finalização, independente das oscilações da Internet.

Se você precisar realizar a restauração de um backup em um computador diferente daquele em que o backup está sendo realizado, você pode utilizar o recurso de Recovery Servers, saiba mais em:

4 – Controle contra falsos positivos

O controle contra falsos positivos permite que você seja informado sempre que um backup for realizado sem enviar nenhum arquivo novo/modificado para a nuvem. Isso pode significar que possivelmente há um problema na sua seleção como origem do backup, pois não existem novos dados gerados desde o último backup.

Caso seja esperado que a sua origem não produza novos dados, você pode desabilitar o controle contra falsos positivos, já, se a sua origem sempre produz novos dados (arquivos novos ou modificados) é muito importante manter este controle ativado para a sua segurança.

Quando o controle contra falsos positivos estiver habilitado e o backup for realizado sem enviar nenhum arquivo novo para a nuvem, o status do seu backup será: “Realizado com avisos – 0 Bytes”

Para desabilitar o controle contra falsos positivos, acesse o Menu Conta > Segurança e desabilite a opção: Ativar controle contra falsos-positivos

5 – Porque não copiar a base de um banco de dados de forma direta, como um arquivo comum

Os SGBD (Sistemas de Gerenciamento de Banco de Dados) em sua grande maioria possuem recursos de backup para o banco de dados, onde é através destes recursos, que são realizados o backup e restore das bases.

Denominado como DUMP, ao extrair o dump de uma base de dados, nele você terá um registro da estrutura de tabela e os dados de um banco de dados, que estão na forma de uma lista de declarações SQL.

Somente a partir da extração do dump é possível se obter toda a estrutura de uma base, ou seja: as tabelas, registros, permissões e configurações atribuídas aquela base.

Observação: Não é seguro realizar a cópia de uma base de dados como um simples arquivo, pois você não terá atualizado todos os registros, estrutura e permissões atribuídas aquela base de dados.

Seguem abaixo os principais bancos de dados e os recursos (ferramentas), de cada SGBD.

MS SQL Server – SQLCMD

MySql – mysqldump

Oracle – RMAN

Firebird – gbak

Postgre – pg_dump

6 – Processo de restauração de dados através do envio de mídia externa

O processo de restauração de dados através do envio de mídia externa é uma facilidade para permitir uma restauração mais rápida dos dados de backup. É importante ressaltar que este processo só é interessante para grandes volumes de dados (geralmente para volumes superiores a 1TB) ou quando o tempo de restauração através da Internet for superior a 3 dias úteis.

Quanto tempo leva em média para realizar o download de 1TB de dados através da Internet?

  • Uma banda de download de 1Mbps transfere em média 10GB por dia, portanto este processo levaria em média 100 dias
  • Uma banda de download de 10Mbps transfere em média 100GB por dia, portanto este processo levaria em média 10 dias
  • Uma banda de download de 100Mbps transfere em média 1TB por dia, portanto este processo levaria em média 24 horas

Quanto tempo leva em média para realizar a restauração de 1TB através do envio de HD Externo?

Este processo leva em média de 3 a 5 dias úteis, pois deve ser computado o tempo de cópia dos dados dos storages para o HD Externo (através da interface USB) + o tempo de postagem e transporte pelos CORREIOS + o tempo de restauração e descriptografia dos dados do HD Externo para o local de destino.

Qual é o custo desta operação?

O custo é de R$ 150,00  por solicitação para cobrir as despesas de transporte e deslocamento técnico

Como solicitar?

Realizar a abertura de um ticket selecionando o assunto: Restauração de dados através de mídia externa

7 – O que é retenção?

Retenção é o tempo que você deseja que os arquivos que foram apagados ou modificados em seu servidor permaneçam disponíveis na nuvem para restauração.

Vamos supor que você possui 10 arquivos em seu servidor e realiza o backup. Após a realização do backup, você terá 10 arquivos no seu servidor (originais) e 10 arquivos na nuvem (backup). Num determinado dia você deseja excluir permanentemente 03 arquivos do seu servidor, pois são arquivos indesejados, e executa o backup novamente. Quando o backup for realizado, a nuvem entenderá que você excluiu 03 arquivos indesejados do seu servidor, porém a nuvem irá manter estes arquivos indesejados ainda disponíveis para restauração pelo tempo de retenção que você configurou, ou seja, a retenção pode ser compreendida como uma “Lixeira” virtual na nuvem.

Na retenção teremos também as antigas versões de arquivos que foram editados.

8 – Quanto tempo devo aguardar para receber o relatório de um backup?

Se um backup for realizado com sucesso ou ocorrer algum tipo de erro durante a sua execução, o relatório será enviado em até 1 hora após o seu término.

Se um backup não for realizado, o relatório será enviado em até 12 horas após o período em que o mesmo deveria ter sido executado.

9 – Processo de Carga com Mídia

O processo de carga de dados através do envio de mídia externa é uma facilidade para permitir uma execução mais rápida do primeiro backup (FULL)

Qual é o custo desta operação?

O custo é de R$ 200,00  por solicitação para cobrir as despesas de transporte e deslocamento técnico

Como solicitar?

Realizar a abertura de um ticket selecionando o assunto: Carga de dados através do envio de mídia externa

10 – Lista de Compatibilidade

Windows (arquivos)
PRO6 PRO7
XP suportado suportado
Vista suportado suportado
7 suportado suportado
8.0 suportado suportado
8.1 suportado suportado
10 suportado suportado
Server 2003 suportado suportado
Server 2008 suportado suportado
Server 2008 R2 suportado suportado
Server 2012 suportado suportado
Server 2012 R2 suportado suportado
Server 2016 suportado suportado
Server 2019 suportado suportado
Linux (arquivos)
PRO6 PRO7
Versões FHS suportado suportado
SQL Server PRO6 PRO7
2000 Standard / Express / Enterprise suportado apenas por script
2005 Standard / Express / Enterprise suportado suportado
2008 / 2008 R2 Standard / Express / Enterprise suportado suportado
2012 Standard / Express / Enterprise suportado suportado
2014 Standard / Express / Enterprise suportado suportado
2016 Standard / Express / Enterprise suportado suportado
2017 Standard / Express / Enterprise suportado suportado
2019 Standard / Express / Enterprise suportado suportado
Oracle
PRO6 PRO7
10G release 1 e 2 suportado apenas por script
11G release 1 e 2 suportado apenas por script
11G XE apenas por script apenas por script
12c release 1 Windows – suportado / Linux – script Windows – suportado / Linux – script
MySQL PRO6 PRO7
MySQL 5.x suportado suportado
MySQL 8 apenas por script suportado
Hyper-V PRO6 PRO7
2008 e 2008 R2 suportado suportado
2008 Failover Cluster suportado suportado
2012 suportado suportado
2012 R2 e Failover Cluster não suportado suportado
2016 não suportado suportado
2019 não suportado em Roadmap
VMWare PRO6 PRO7
ESXI 5.x, 6.0 e 6.5 suportado suportado
ESXI 6.7 não suportado suportado
vCenter 5.0 e 6.0 suportado suportado
System State PRO6 PRO7
XP suportado não suportado
Server 2003 suportado não suportado
Server 2008 e 2008 R2 suportado suportado
Server 2012 e 2012 R2 suportado suportado
Server 2016 não suportado suportado
System Backup PRO6 PRO7
Vista suportado suportado
7 suportado suportado
8.x suportado suportado
10 suportado suportado
Server 2008 e 2008 R2 suportado suportado
Server 2012 e 2012 R2 suportado suportado

11 –  Quais os endereços/portas TCP/IP devo liberar em meu firewall para funcionar a solução de backup?

Para que as ferramenta de backup em nuvem funcione, deve ser liberada a porta de saída TCP 443 (https) para todos os endereços IPs listados abaixo.

  • 45.169.97.0/24 (do IP 45.169.97.1 até 45.169.97.254)
  • 177.185.2.112/29  (do IP 177.185.2.113 até 177.185.2.118)
  • 177.185.2.192/27 (do IP 177.185.2.193 até 177.185.2.254)
  • 179.190.58.192/27 (do IP 179.190.58.193 até 179.190.58.254)
  • 179.190.45.192/27 (do IP 179.190.45.193 até 179.190.45.254)
  • 179.190.47.224/28 (do IP 179.190.47.225 até 179.190.47.238)
  • 179.190.47.240/28 (do IP 179.190.47.241 até 179.190.47.254)